500 vagas. Mercado Livre começa a contratar para Centro de Distribuição em Gravataí

    Já estão abertas as vagas para interessados em trabalhar no novo Centro de Distribuição (CD) do Mercado Livre, que será instalado em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A operação do market place argentino será instalada às margens da RS-118 e deve começar a funcionar no primeiro trimestre de 2020. 

    O recrutamento dos candidatos está sendo feito por meio da Primer RH. Ao todo, são cerca de 500 vagas, mas a agência reforça que o número pode aumentar, de acordo com as demandas da empresa. As funções são ligadas à área de logística e incluem recebimento, classificação, transporte e armazenamento de mercadorias e processamento de pedidos e armazenamento de informações.

    O trabalho será feito em um de dois turnos, entre 6h e 14h (exclusivamente para moradores de Gravataí, em razão do transporte) e entre 14h e 22h (para moradores de outros municípios. Ainda é possível quem seja aberto um turno de trabalho à noite. A empresa pede ensino médio completo e valoriza o primeiro emprego, não sendo necessária experiência prévia na área para concorrer às vagas. 

    Para quem quiser participar da seleção, é necessário cadastrar currículo diretamente pelo portal da Primer RH ou comparecer à agência (rua Anápio Gomes, 1471, sala 203), no Centro de Gravataí, munido de currículo e carteira de trabalho. A diretora da Primer RH, Daiane Rodrigues, alerta para o grande movimento na agência nos últimos dias: "O ideal é fazer o cadastro pelo site, diretamente, uma vez que estamos com filas no atendimento na agência", explica. 

    O CD do Mercado Livre em Gravataí é o terceiro CD da companhia argentina no Brasil - os outros dois estão localizados em São Paulo, nos municípios de Louveira e Cajamar. Ele tem 50 mil metros quadrados e irá operar ao lado de onde hoje já estão instalados os CDs de Lojas Lebes, Ford, Yapp e Flexul. 

    De acordo com o Mercado Livre, a unidade faz parte do plano de expansão da malha logística da empresa para reduzir cada vez mais o custo e o tempo de entrega dos produtos que são vendidos no portal. Ainda segundo a empresa, o novo Centro de Distribuição, assim como os outros dois existentes, atuará com o serviço de Fulfillment - modelo logístico em que o Mercado Livre que fica responsável por todo o processo de estoque dos vendedores e entrega dos produtos aos compradores.

Novidades

Receba nossas vagas no seu Email

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!